Curso para Catequistas da Catequese Especial

Curso para Catequistas da Catequese Especial

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

ESPIRITUALIDADE DO CATEQUISTA


Espiritualidade é...
... a vida segundo o Espírito;
... viver o mistério de Cristo na própria vida;
... a ciência que estuda a vida espiritual;

Importância da espiritualidade
É dimensão da formação catequética, porque...

-> Assegura a vocação, a fé, o conteúdo e a vivência do catequista;
-> Realça a força transformadora da palavra de Deus e da sua mensagem na sua vida pessoal e na capacitação para o anúncio.
-> Garante a perseverança diante das dificuldades internas e externas;
-> Ajuda o catequista em sua missão de conduzir os catequizandos a Cristo;
-> Colabora na coerência de vida do catequista.

Fontes da Espiritualidade
-> A Palavra de Deus;
-> A Liturgia;

Meios para a formação espiritual
-> Meditação diária da Palavra de Deus;
-> Participação na Celebração e Comunhão Eucarística;
-> Devoção mariana;
-> Formação humana, bíblica, teológica, espiritual, litúrgica, metodológica, pedagógica e psicológica.
-> Conhecimento da vida dos santos;
-> Interação fé e vida;
-> Profunda comunhão com o Magistério da Igreja e as orientações da Diocese;
-> Bom relacionamento e afetividade com o pároco, os demais catequistas, catequizandos e comunidade eclesial.

Dinâmica da vida espiritual
Querer estar com Jesus numa total disposição para aprender d’Ele seu modo de ser e de agir.

-> Bondade, Ternura e Misericórdia;
-> Espírito Comunitário;
-> Coração livre e desapegado;
-> Abraçar a Cruz com amor.

“Tende entre vós os mesmos sentimentos de Jesus Cristo” (Fl 2,5)

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DIÁLOGO E COMUNICAÇÃO NA CATEQUESE


O diálogo sempre foi importante para o desenvolvimento das potencialidades humanas tanto no nível pessoal, como no cultural e social. Feita à imagem e semelhança de Deus, a pessoa descobre-se como ser dialogante como o é o próprio Deus.

Espiritualidade do diálogo:
- nas relações da pessoa consigo mesma: amor à verdade, desejo de conversão, humildade, capacidade de autocrítica e de perdão, despojamento, plasticidade mental, alegria, vontade de aprender...
- nas relações com o outro: caridade, paciência, fraternidade, ternura, superação de preconceitos, solidariedade, lealdade...
- nas relações com Deus: descoberta da presença de Deus, compromisso com o Reino, oração, confiança na ação do Espírito Santo, vida sacramental, espírito de fé, esperança inabalável, amor incondicional.

Nunca estamos prontos e acabados. Conversão deve ser atitude constante do cristão e o outro nos ajuda a ver onde precisamos crescer. Diálogo na catequese não é só uma questão metodológica, ela deriva de um certo modo de compreender Deus e a vida. É um especialíssimo caminho de santidade.

A missão do catequista é fazer ecoar a Palavra de Deus. Ele é sobretudo um comunicador, por isso “é necessário que a catequese estimule novas expressões do Evangelho na cultura na qual este foi implantado.”(DGC 208).

Toda a formação do catequista deve estar finalizada nesta arte da comunicação da fé, pois na ação catequética catequistas e catequizandos são sujeitos da comunicação.

Nesta comunicação, o importante não são tanto os meios de comunicação, mas os gestos interpessoais. É preciso descobrir cada vez mais a linguagem da pessoa: é a linguagem primordial.

Daí a necessidade de se exercitar na comunicação humana, afetiva e valorizar a Liturgia como um dos grandes meios de Deus comunicar-se conosco.

Neste sentido, é de suma importância o uso dos elementos culturais, particularmente simbólicos, que possam favorecer mais facilmente a partilha.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

AUDIOTECA SAL E LUZ

São áudios de 2.700 livros que podem ser enviados a deficientes visuais.

Divulgue! Procure o site: http://www.audioteca.org.br/catalogo.htm e veja os nomes dos livros falados disponiveis.

A Audioteca Sal e Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros).

Mas o que seria isto? São livros que alcançam cegos e deficientes visuais, (inclusive os com dificuldade de visão pela idade avançada) de forma totalmente gratuita.

Seu acervo conta com mais de 2.700 títulos que vão desde literatura em geral, passando por textos religiosos até textos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos em geral. São emprestados sob a forma de fita K7, CD ou MP3.

E agora, você está se perguntando: O que eu tenho a ver com isso? É simples. Nos ajude divulgando. Se você conhece algum cego ou deficiente visual, fale do nosso trabalho. DIVULGUE!

Para ter acesso ao nosso acervo, basta se associar na nossa sede, que fica situada à Rua Primeiro de Março, 125- Centro. RJ. Não precisa ser morador do Rio de Janeiro.

A outra opção, foi uma alternativa que se criou face a dificuldade de locomoção dos deficientes na nossa cidade. Eles podem solicitar o livro pelo telefone, escolhendo o título pelo site, e lhe será enviado gratuitamente pelos Correios.

A maior preocupação da Audioteca reside no fato que, apesar do governo estar ajudando imensamente, é preciso apresentar resultados, atingindo um número significativo de associados, que realmente contemplem o trabalho, se não ele irá se extinguir e os deficientes não poderão desfrutar da magia da leitura. Só quem tem o prazer na leitura, sabe dizer que é impossível imaginar o mundo sem os livros...

Ajudem! Divulguem!


Audioteca Sal e Luz
Rua Primeiro de Março, 125- 7. Andar
Centro- RJ. CEP 20010-000
Fone: (21) 2233-8007 (21) 2233-8007
Horário de atendimento: 08 às 16 horas
http://audioteca.org.br/noticias.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

CONCLUSÃO DE CURSO

No último dia 16 de outubro, encerrou-se o curso de Catequese Especial, no Vicariato Sul - Paróquia Nossa Senhora de Copacabana e Santa Rosa de Lima, com Missa celebrada pelo Padre Eduardo, da Paróquia São Paulo Apóstolo.
Após a missa comemoramos a perseverança e a amizade dos 21 catequistas, das Paróquias: São Paulo Apóstolo, Santa Mônica, Nossa Senhora da Paz, Nossa Senhora da Esperança, Nossa Senhora da Glória, Santa Terezinha, Imaculada Conceição , São João Batista e os jovens da São José Operário (Maré).
Roguemos à Deus que se empenhem em transmitir aos nossos amigos “especiais” o amor incondicional do Criador.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

FESTA AGOSTINA


A Catequese Especial do Vicariato Suburbano organizou uma FESTA AGOSTINA (22/08). O evento foi na Paróquia de Santa Barbara, em Rocha Miranda e teve tudo típico de uma festa folclórica: música, dança, comidas típicas, brincadeiras, barraquinhas... e muita alegria. Foi uma bela confraternização para os catequistas, os catequizandos e suas famílias. Tudo sob a acolhida do pároco de Santa Bárbara, o sorridente Padre Brás.

Confira algumas fotos na parte inferior do nosso blog.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

CONHEÇA AS PARÓQUIAS QUE JÁ OFERECEM CATEQUESE ESPECIAL EM NOSSA ARQUIDIOCESE

Vicariato Jacarepaguá
2ª forania:
Paróquia Santa Luzia – Gardênia Azul
Paróquia Nossa Senhora do Loreto – Freguesia
Paróquia Santo Antonio Maria Zaccaria – Tanque

4ª forania:
Paróquia Nossa Senhora da Saúde – Curicica
Paróquia Sagrada Família – Taquara


Vicariato Leopoldina
3ª forania:
Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Ramos
Paróquia São Geraldo – Olaria

4ªº forania:
Paróquia Bom Jesus – Penha
Paróquia Jesus Sacramentado – Penha Circular

5ª forania:
Paróquia Jesus Ressuscitado – Vila da Penha
Paróquia São Sebastião – Parada de Lucas
Paróquia São Rafael Arcanjo – Vista Alegre
Paróquia Senhor do Bonfim – Cordovil

6ª forania:
Paróquia Santa Bárbara e Santa Cecília – Vigário Geral


Vicariato Norte
1ª forania:
Paróquia São Francisco Xavier – Tijuca

2ª forania:
Paróquia Sangue de Cristo – Aldeia Campista
Paróquia Santo Afonso – Tijuca

3ª forania:
Paróquia São Cosme e Damião – Andaraí

5ª forania:
Paróquia Imaculada Conceição e São Sebastião – Engenho de Dentro

6ª forania:
Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida – Cachambi


Vicariato Oeste
1ª forania:
Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Comunidade Aliança Gloriosa) – Monteiro – Guaratiba

3ª forania:
Paróquia Cristo Operário e Santo Cura D Ars – Vila Kennedy

4ª forania:
Paróquia Sant Ana – Campo Grande


Vicariato Suburbano
1ª forania:
Paróquia Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças – Oswaldo Cruz
Paróquia Nossa Senhora das Graças – Marechal Hermes
Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Marechal Hermes
Paróquia São Sebastião – Bento Ribeiro
Paróquia Santa Isabel Rainha de Portugal – Bento Ribeiro

3ª forania:
Paróquia Santa Bárbara – Rocha Miranda
Paróquia São Miguel Arcanjo – Colégio

4ª forania:
Paróquia Cristo Rei – Vaz Lobo
Paróquia Apóstolo São Pedro – Cavalcante
Paróquia São Vicente de Paulo – Vicente de Carvalho

5ª forania:
Paróquia Divino Salvador – Piedade
Paróquia São Tiago – Inhaúma
Paróquia São Benedito – Pilares

6ª forania:
Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração – Praça Seca


Vicariato Sul
3ª forania:
Paróquia Nossa Senhora de Copacabana e Santa Rosa de Lima – Copacabana


Vicariato Urbano
2ª forania:
Paróquia Santuário Nossa Senhora de Fátima – Centro

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Crisma da Catequese Especial

Confiram no nosso blog as fotos da cerimônia da Crisma dos especiais, realizada em 02/05/2010, no Vicariato Suburbano, na Paróquia de São Sebastião, da 4º forania, Bento Ribeiro. Uma linda celebração!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Confira nossas fotos!

A Catequese Especial não para! Confira em nossa galeria de fotos na parte inferior do nosso blog. Lá vocè verá momentos marcantes do curso de recliclagem para os catequistas realizado no vicariato leopoldina e também da Missa de Envio 2010.
E continuemos rezando e trabalhando, trabalhando e rezando para que este setor tão importante da Iniciação Cristã cresça cada vez mais!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

ATENÇÃO, CATEQUESE ESPECIAL!

*Curso de Reciclagem - Catequese Especial
Data: 13/03/2010
Local : Paróquia São Rafael Arcanjo
Horário: 09 às 16 horas
Almoço Partilhado
Taxa de Inscrição : R$ 3,00
Telefone: 2471-7910
Coordenadora Lourdinha

*Missa de Envio nivel Diocesano - Catequese Especial
Data: 20/03/2010
Local: Paróquia São Rafael Arcanjo
Horário: 09 horas
Obs: Chegar 30 minutos com antecedencia

ENDEREÇO PARA OS DOIS EVENTOS
Paróquia São Rafael Arcanjo
Rua Petrolândia, Esq. Paratinga - Vista Alegre - RJ
Telefone : 3391 - 1447

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

CATEQUESE E FAMÍLIA (parte 1)

FAMÍLIA – IGREJA DOMÉSTICA


A família tem uma grande responsabilidade na educação e condução das crianças, adolescentes e jovens e, junto a esta responsabilidade, uma importante tarefa catequética: transmitir a Fé e, sobretudo, apresentar-lhes uma vida cristã coerente.
O lar cristão deve ser um lugar privilegiado de catequese, por sua estrutura e pelas relações de afetividade.

“É no seio da família que os pais são para os filhos, pela palavra e pelo exemplo... os primeiros mestres da fé.” (CCE, 1656)

O Santo Papa, João Paulo II, no documento “Catechesi Tradendae” nos chama a atenção para a importância da catequese familiar dizendo que ela “precede, acompanha e enriquece todas as outras formas de catequese.” (CT, 68)

“O Lar cristão é o lugar em que os filhos recebem o primeiro anúncio de fé. Por isso o lar cristão é chamado, com toda a razão, de “Igreja Doméstica”, comunidade de graça e de oração, escola das virtudes humanas e da caridade cristã” (CCE, 1666)

No mundo atual são inúmeras as dificuldades que a família cristã enfrenta, mas elas precisam continuar irradiando fé e vida a outros lares e outras instituições; elas têm importância fundamental no crivo ou filtro crítico dos valores ou contravalores difundidos na sociedade. Sendo a família a Igreja em sua fase doméstica, faz-se necessário que ela descubra-se sendo uma célula viva de toda Igreja.

A família é, por excelência, uma comunidade catequética. Cristo, presente na Igreja, vive também na comunidade familiar que é a Igreja Doméstica e, confia aos pais o ministério da Palavra, que compartilham com Ele. Os pais cumprem este dever mediante a realização de uma função tríplice: PROFÉTICA, REVELADORA E INTERPRETATIVA.

FUNÇÃO PROFÉTICA - Na família os pais são “profetas”, porque falam em nome de Deus, e Deus, por meio de Cristo, está presente em sua palavra. É importante, para isso, que os pais se coloquem em atitude de escuta.
Os pais ao anunciarem, escutam e ao ensinar, aprendem.

FUNÇÃO REVELADORA - Como os profetas, os pais devem se empenhar em levar uma existência que se constitua em “sinal” no próprio seio da sua vida.
Os pais tornam-se testemunhas de fé, testemunhas do Amor de Cristo para os filhos. A sua própria experiência humana e religiosa revela a mensagem cristã. (LG, 35)

FUNÇÃO INTERPRETATIVA - Os pais são profetas, também, porque sabem ler na trama dos acontecimentos “sinais de Deus” e interpretam a mensagem para si próprios, para os filhos e para toda a família.
Vivendo plenamente sua vida familiar, ou rejeitando-a, os pais fazem catequese ou contracatequese.

Os filhos necessitam da harmonia dos pais, da sua integração do sustento da recíproca fidelidade.
O lar é assim a primeira escola de vida cristã e “uma escola de enriquecimento humano” (CCE, 1657).

"Cada verdade que não se transforma em vida, cada conhecimento que não se transforma em amor, são valores perdidos." (Madre Maria Helena Cavalcanti)

Os pais devem ser os primeiros catequistas de seus filhos; devem educá-los para a fé e para a oração, num clima de profunda compreensão e de mútua ajuda.